Top Itália #2 Florença

Basta o nome para nos seduzir, em qualquer língua que seja: Firenze, Florence, Florencia… E o artigo podia terminar aqui, porque já todos os clichés foram gastos nas descrições da cidade por essa internet fora. Porém, a humanidade aguarda o nosso humilde tributo e eis a nossa primorosa seleção:

Arte

Galleria degli Uffizi

O que é que não é arte em Florença? A cidade é toda ela um museu ao ar livre. Aliás, todas as categorias deste top deveriam ser Arte. Mas fez-se um esforço para desenjoar e a nossa primeira recomendação recai precisamente sobre o complexo que reúne, por ordem cronológica, as obras dos grandes artistas italianos. Aconselhamos a compra prévia do bilhete para não perder tempo na fila para a bilheteira.


Depois, é só olear as articulações para calcorrear toda a galeria e apreciar devidamente as suas coleções.

História

Ponte Vecchio

Era uma vez uma família chamada Medici que, numa tentativa bem-sucedida e notável de ostentar o seu poder, deixou palácios, igrejas e academias de arte aos turistas da posterioridade.


Esta ponte antiga sobre o rio Arno, tipicamente medieval com as suas lojas e passagens secretas, esconde muitas histórias dentro da História.

Paisagem

Forte Belvedere

Aqui, estavam à espera que recomendássemos a Piazzale Michelangelo ao pôr-do-sol, não era? Não descartamos esse belo cenário, que implica uma subida digna de uma peregrinação, mas gostaríamos de sugerir um local mais recôndito e subestimado.


Localizada numa colina fora da cidade, esta fortaleza encanta com a sua vista panorâmica e com a bruteza dos seus bastiões. Aconselhamo-la a todos os fãs de castelos.

Cultura

Piazza della Signoria & Palazzo Vecchio


Deambular por Florença é a melhor forma de conhecer a cidade, pois o centro histórico é pequeno e tem uma concentração máxima de monumentos e pontos turísticos por km2.

Descendo a Via de Calzaioli desde o Duomo, encontramos a praça principal com a Fonte de Neptuno, uma galeria aberta de esculturas renascentistas e, claro, a sede do município florentino: o Palácio Vecchio.

Requinte

Palazzo Pitti


O Palácio Pitti, que também é um museu de arte e está ligado à galeria Uffizi pelo corredor Vasari, é só por si um monumento assinalável.

Por trás desse complexo, os faustosos jardins Boboli são o retiro ideal para uma tarde primaveril.

Religião

Cattedrale di Santa Maria del Fiore

Se, à distância, o Duomo de Florença domina o panorama medieval com as suas cores suaves e a magnífica cúpula, quando estamos na Piazza San Giovanni, a vista tem um efeito esmagador. O olhar humano parece diminuto para abarcar tanta potestade, tantos pormenores e tanta beleza.


Visite a catedral por dentro e por fora e reserve algum tempo para o campanário de Giotto.

Dica extra

Os mercados

Apesar de as entradas para os monumentos serem caras, a capital da Toscana é um sítio recomendadíssimo para compras. Sugerimos os mercados ao ar livre, onde poderá encontrar produtos típicos e de qualidade.


E, como nas bancas de rua vale regatear, poderá adquirir belas lembranças por uma pechincha.

Sugestões de Diana Rodrigues

Imagens de Pixabay

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s