Combo-Viagens na Europa

Por vezes, qual sanduíche mista, é possível combinar dois ou mais países quando viajamos para o estrangeiro, seja porque eles são pequeninos e somente um sabe a pouco, seja porque estão tão perto uns dos outros que o fantasma do capitalismo baixa sobre nós e nos diz que devemos açambarcar dois ou três destinos num só investimento.

Portanto, as sugestões de hoje versam sobre viagens em estilo polígamo.

Nota: Ficaremos pela Europa, pois a flexibilidade é maior devido ao tamanho físico dos países europeus e a fatores políticos como UE e Espaço Schengen.

Destino Combinado 1: BENELUX

Bélgica, Holanda e Luxemburgo: pequenos, próximos e preciosos. Não importa a ordem. É viável viajar pelos três países de carro, mas os acessos de comboio são igualmente bons. Siga o itinerário canónico (Bruxelas, Bruges, Roterdão, Amsterdão, Luxemburgo) para a experiência prometida: cidades históricas, paisagens cativantes, arquitetura espantosa e comidinha muito, muito boa.

Destino Combinado 2: França e Suíça Francesa

A partir do sul de França é possível dar um pulo (ou mais) ao cantão francês da Suíça para obter duas experiências numa só viagem. Na verdade, a região da Saboia e dos Alpes é comum aos dois países e realizará os desejos mais profundos dos fãs da montanha. Eis a nossa ementa turística: Chamonix, Annecy, Montreux, Lausanne e Genebra. Recomendadíssimo: um cruzeiro no lago Léman.

Destino Combinado 3: Suíça Alemã, Alemanha e Liechtenstein

E como a Suíça é a perfeita irmã do meio, também faz parte de um combo alemão: começando em Berna ou Lucerna, passamos por Zurique, fazemos um desvio a Liechtenstein e subimos até Freiburg e percorremos o sul alemão até Munique. Ah, e o principado do Liechtenstein não é apenas um simples paraíso fiscal: as suas paisagens alpinas, os castelos e as vilas pitorescas são facilmente percorridos num dia.

Destino Combinado 4: República Checa, Áustria e Hungria

Joias da Europa Central, as capitais destes países compõem um itinerário cultural de excelência que nos faz viajar à Europa romântica, imbuída de música e requinte. Aqui, o sonho é começar em Praga, baixar até Viena e seguir num cruzeiro no Danúbio para terminar em beleza em Budapeste.

Destino Combinado 5: As Irlandas

Visitando a República da Irlanda, relativamente pequena e visitável em poucos dias, há que aproveitar para conhecer a vizinha Irlanda do Norte. Recomendamos uma road trip a este país de cultura milenar, com a sua rica tradição celta, ruínas medievais e paisagens em bruto que nos fazem suspirar. O roteiro clássico tem as seguintes paragens: Dublin, Killarney, Cliffs of Moher, Londonderry e Belfast.

Destino Combinado 6: Os Ibéricos: Portugal, Espanha e Andorra

Por fim, terminamos na pontinha da Europa. Para quem for de automóvel, há muito para explorar e a Península Ibérica oferece uma imensa variedade geográfica, desde planícies a perder de vista e cobiçadas praias no Sul, os montes verdejantes a Oeste e as montanhas imponentes no Centro e nos Pirenéus. Sugestões sortidas: Lisboa, Porto, Braga, Santiago de Compostela, Bilbao e Madrid. O remate é feito com as alturas estonteantes de Andorra-a-Velha.

Sugestões de Diana Rodrigues

Imagens de Pixabay

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s